Cortadora de salame

De Notas pessoais

Mineirinho trabalha num frigorífico.

Ele já está lá há anos, e um dia ele confessa à esposa que tem uma compulsão terrível: uma vontade louca de enfiar o pinto na cortadora de salame.

A mulher sugere que ele vá ver um psicólogo, esses homi que acunseia a gente. Mas ele não vai!

Um dia ele chega em casa cabisbaixo. Sua mulher percebe que há algo errado.

Pergunta o que foi. Ele responde:

Lembra que eu comentei cocê que tava com uma vontade danada de meter o pinto na cortadora de salame?

Oh, não! - diz a mulher - ocê num fêiz isso, fêiz?!

Sim, eu fiz!

Meu Deus, o que se assucedeu?

Fui despedido; pru ôi da rua - responde o marido.

Mas, e a cortadora de salame?

Coitada da moça, ela foi despedida tamém.

Ferramentas pessoais

contador de visitas