O que há além do universo / What's beyond the universe

De Notas pessoais

Leia mais / Read more: http://wiki.answers.com/Q/What_is_beyond_the_universe#ixzz1XBTAKRly

Center

O universo é um conceito de espaço e tempo. Estas duas dimensões (tão fortemente associados uma com a outra na física relativista que elas são combinadas na idéia de espaço-tempo) não podem existir fora desse universo. A palavra "além" também está relacionada com o espaço-tempo. Não podemos definir o que está fora, além de, antes ou depois do nosso universo, porque estes conceitos são conhecidos apenas para se aplicar no próprio espaço-tempo do universo.

Tempo e espaço existem porque este universo tem essas duas dimensões. Outras dimensões e conceitos podem estar espalhados por tudo o que não sabemos. O tempo e o espaço podem pode não existir depois do nosso universo.

Por exemplo, para onde é que a massa que é puxado para dentro de buracos negros vai? É claro que não está mais em nosso espaço e tempo, porque toda a matéria estelar que foi absorvida não caberia em um único ponto.

Não há uma resposta simples para esta pergunta. Uma vez que não possuímos a capacidade de explorar um espaço que está além dos nossos sentidos, no momento, não podemos saber o que está além. Como é observável, é somente um assunto de nossa especulação. Há mistérios no interior que não foram desvendados ainda.

Mas, isso é apenas o que os físicos afirmam.

Eu assisti há muito tempo atrás o primeiro filme de cinema da série "Starttrek". Nesse filme foi apresentada a mesma idéia que eu já tinha sobre o que pode existir além do nosso universo.

Um breve resumo...

A sonda espacial Voyager 6 foi atraída por um buraco negro e ao viajar pelo "buraco de verme" do buraco negro, saiu do outro lado do nosso universo e foi capturada por "robôs" extremamente avançados que foram capazes de decifrar a programação da Voyager 6, onde havia a ordem para armazenar todo o conhecimento que fosse possível e o trouxesse de volta para o "Criador" no planeta Terra.

Os Robôs entenderam que essa programação era para ser cumprida, e viram que isso não poderia ocorrer com os equipamentos existentes na sonda, e assim, para que o objetivo primário de sua programação pudesse ser atingido, eles construíram uma espaçonave descomunal , com sistemas que permitiriam a coleta e armazenamento de conhecimento e a enviaram de volta para a terra.

Se bem me lembro, o caminho de volta levou uns 300 anos, e a espaçonave acumulou tanto conhecimento durante seu retorno, que isso a levou a atingir a consciência, ou seja, ela passou a ser um "ser vivente" com uma consciência funcional.

Quando o Sr. Spock fez a mescla de mentes entre sua mente e a "mente" da espaçonave, ele percebeu que praticamente todo o conhecimento existente no nosso universo conhecido havia sido absorvido e armazenado, e agora, como um ser inteligente, a espaçonave não entendia o que poderia vir depois de tudo o que já conhecia, pois a lógica dizia que estava tudo terminado após a sua programação ter sido completada...

Assim, a espaçonave praticamente implorou para que uma das "unidades de carbono" fizesse uma mescla definitiva de consciência com ela, e o comandante Willard Decker se ofereceu para isso, pois isso seria uma forma de se reencontrar com o seu amor, a tenente Ilia, que já havia sido absorvida anteriormente.

No final do filme, o Capitão Kirk, juntamente com o Sr. Spock e o doutor McKoy, especularam que a única forma de fazer com que o Voyager 6 pudesse evoluir seria nao a absorção de uma consciência humana, pois ela já havia absorvido milhares de seres humanos, mas a mescla com uma consciência humana, que a faria entender que existem coisas que a lógica não pode explicar, tais como outros níveis de consciência, esperança, nossos medos, etc.

The universe is a concept of space and time. These two dimensions (so strongly associated with each other in relativistic physics that they are combined in the idea of space-time) may not exist outside this universe. The word "beyond" is already related to space-time. We cannot define what is outside, beyond, before, or after our universe because these concepts are only known to apply in the space-time universe itself.

Time and space exist because this universe has these two dimensions. Other dimensions and concepts may be scattered across all that we do not know. It does not have to be time after this universe or by that matter before.

For example, where does the mass that is pulled into black holes go to? It is clear that it is no longer in our space and time, because all that stellar matter would not fit in a single point.

There is no simple answer to this question. Since we do not possess the capabilities to explore a space that is beyond our senses at the moment, we cannot know what is beyond. As it is unobservable, it is only a subject of our speculation. There are mysteries inside that we have not unraveled yet.

But that's just what the physicists say.

A long time ago I watched the first cinema movie "Starttrek." This film was presented the same idea I had about what might exist beyond our universe.

A brief summary ...

The space probe Voyager 6 was attracted to a black hole and travel through its "wormhole", this travel took it to the other side of our universe and it was captured by "bots", so extremely advanced, that were able to decipher the program of Voyager 6 computers, where an order was found to get and store all the knowledge that was possible and bring it back to the "Creator" on planet Earth.

The Robots understood that this program should be fulfilled, and saw that this could not be possible with the existing equipment on the probe, and thus, as long as it necessary to complete this primary probe programming, they built a huge spaceship, with systems that allow collection and storage of knowledge and sent it back to Earth, to the "Creator".

If I remember correctly, during the way back, that took about 300 years, an inconceivable amount of knowledge has accumulated by the probe during its return, and that knowledge allowed it to reach the consciousness, and become a "living being" with a fully functioning conscience.

When Mr. Spock made the melding of minds between his mind and "mind" of the probe, he noticed that almost all knowledge that exists in our known universe was absorbed and stored, and now, as an intelligent being, the probe did not understand what could come after all it already knew, because it's logic said that it was all over after it's programming has been completed ...

Thus, the spacecraft practically begged for one of the "carbon units" to make a final mix with it's conscience, and Commander Willard Decker offered himself to do it, because it would be the only way to find his love, Lieutenant Ilia, which had been absorbed previously.

At the end of the film, Captain Kirk, along with Mr. Spock and Dr. McKoy, speculated that the only way to make the Voyager 6 to evolve would be the absorption of a human consciousness, not as it was doing, absorbind and storing, becauses it had already absorbed thousands of beings humans, but with a true mix with a human consciousness, what could take it to understand that there are things that logic can not explain, such as other levels of consciousness, hope, fears, etc..

Ferramentas pessoais

contador de visitas